Vem com a Kersia-Hypred descobrir como ter os melhores resultados com gado em confinamento através de 5 dicas simples!

O confinamento é um sistema muito utilizado pela pecuária brasileira e, com o manejo correto, pode garantir ótimos resultados, como incremento do bem-estar animal, da produção e da qualidade do leite. Mas para isso, é importante estar atento a vários fatores, que abordaremos em 5 dicas que você confere a seguir:

#Dica 1 – Todos os animais devem ter espaço adequado!

Existem vários cálculos para diversos pontos de atenção no dimensionamento das instalações. Questões aparentemente pequenas, mas que influenciam no bem-estar dos animais e sua consequente produção.


Temos algumas métricas básicas a serem observadas. O espaço para descanso varia de acordo com o sistema de confinamento. No free-stall, as dimensões das baias variam de acordo com o peso do animal. Confira a tabelinha abaixo. Já em sistemas como compost barn, o ideal é que exista um espaço de 10 a 15 m² por vaca, para evitar superlotação e demais problemas relacionados.

Em relação ao cocho, não existe um tamanho total fixo, sendo variável de acordo com a quantidade de animais. Pra reduzir a competição e manter um nível de ingestão de alimentos satisfatório,  garantir pelo menos os famosos 60cm de espaço por vaca ainda é o indicado, apesar de alguns resultados mais recentes indicarem um aumento da ingestão de alimento em espaços de cocho maiores.

#Dica 2 – Higiene e sanidade.

Outro fator fundamental em um bom nível produtivo é a higiene, pois ela é um dos elementos que irá garantir a sanidade do seu rebanho. Desta forma, manter o ambiente e objetos bem higienizados, com um manejo adequado aliado a produtos de qualidade, é essencial para um bom sistema produtivo.

Conheça as melhores opções para te ajudar aqui 

Ambientes sujos, desde o piso, paredes e contenções, são pontos de proliferação de microrganismos patogênicos, que estarão sempre em contato com os animais. Além disso, ambiente sujos costumam atrair uma maior presença de moscas, além de vetores para doenças, agridem a pele, o úbere e estimulam o hábito do animal picar.

#Dica 3 – Sombra e água fresca!

Muito se fala em bem-estar animal, uma vez que este é um fator fundamental para a saúde de um rebanho. O confinamento precisa ser bem dimensionado e projetado, observando a trajetória do sol, para que haja sombreamento adequado para todos os animais. A utilização de exaustores, ventiladores e aspersores é igualmente importante para manter a temperatura em níveis agradáveis para as vacas, que em média, exigem temperaturas entre  4 e 24 ºC. Não podemos esquecer da constante oferta de água fresca e limpa em abundância!

Estes elementos são muito importantes para garantir que os bovinos não sofram estresse calórico, por exemplo. Fique atento! Vacas com estresse calórico normalmente reduzem seu consumo de alimentos e sua produção de leite.

#Dica 4 – Produtos de qualidade reconhecida.

Seja no pré ou pós-dipping, no tratamento e prevenção de doenças e lesões, suplementação nutricional ou na higienização e sanitização de ambientes e equipamentos, aposte em uma marca que é referência do setor no cenário global,com sólida experiência na formulação, produção e comercialização de soluções de biossegurança, bem-estar e higiene para os profissionais do setor agro alimentar.

Descubra mais aqui.

#Dica 5 – Não descuide da nutrição!

A nutrição do seu rebanho é fundamental para garantir o bom desempenho. Além de uma dieta balanceada, a suplementação em cocho se torna uma grande aliada para quem produz em confinamento. Sal mineral, sal proteinado e virginiamicina devem estar sempre presentes na alimentação do seu animal, bem como nutrientes como fósforo, cálcio e enxofre.

Quer saber mais sobre nutrição animal? Então confira aqui 

Quer mais dicas de como manter o seu rebanho saudável e a sua produção em constante crescimento? Então vem acompanhar a Kersia-Hypred também das redes sociais! Segue a gente lá no Facebook.com/kersiahypred e no Instagram @kersiahypred.

Você vai gostar de ler também:

Mastite: saiba mais sobre a grande vilã da produção leiteira.

Quer saber quais os
melhores produtos para o
seu rebanho de
acordo com as suas necessidades?

Preencha o formulário que teremos prazer em ajudá-lo!

simnão